5 Fatores que explicam o sucesso da metodologia ágil

Que tal aprender mais sobre como aplicar conceitos de desenvolvimento para ganho de escalabilidade em sua empresa?


Com os avanços tecnológicos das últimas décadas que estão transformando a sociedade como um todo, a nova economia trouxe produtos inovadores e mudou a forma como as pessoas consomem. Neste cenário, empresas tiveram que se reorganizar internamente para suprir uma nova forma de demanda. Para trazer maior agilidade e eficiência aos processos, surgiu a Metodologia Ágil - também conhecida como Metodologia Agile.

O termo não é tão recente: cunhado a partir do “Manifesto Ágil”, uma declaração de princípios para desenvolvimento de softwares que foi assinada, em 2001, por 17 desenvolvedores que buscavam maior agilidade e satisfação dos clientes, ele logo se transformou em metodologia e ganhou seguidores.

Desde então, porém, os princípios foram adaptados para outros mercados, produtos e empresas. Hoje, companhias inovadoras como Microsoft e IBM (que se modernizou com a metodologia, inclusive) utilizam a metodologia em alguns de seus processos. Segundo pesquisa da consultoria QSM, a Metodologia Ágil acelera em 50% o tempo para colocar um produto no mercado e aumenta a produtividade em 25%.

Por isso, exploramos os 5 principais fatores nesta edição da Insights. Segue o fio:

Hoje a metodologia ágil está presente em grandes empresas, na maior parte das equipes, e rende processos muito bem organizados. Mas o que está por trás do sucesso? Separamos aqui os cinco destaques de quem implementa na empresa:


Resposta rápida às mudanças Ter um plano para o desenvolvimento de um produto é importante, sem dúvidas, mas não é preciso engessar a estratégia da companhia. Os profissionais precisam estar atentos às possíveis alterações que possam ocorrer durante o desenvolvimento, readequando o trabalho para melhor atender os objetivos. Desburocratização Mais do que ler e entender páginas e páginas de documentos que explicam como um recurso deve funcionar, o ideal é que times multidisciplinares envolvidos no produto aprendam na prática sobre o funcionamento do fluxo de trabalho, deixando processos mais enxutos, eficientes e rápidos. Sistema colaborativo Uma empresa que tem os princípios do ágil, Lean e de outras metodologias em seus valores e cultura entende que uma parceria vai além da negociação de contratos. O trabalho deve envolver a troca de experiências entre as duas partes, um profundo alinhamento das pessoas, clareza nas restrições, ser guiado por metas claras, estimulando um ambiente saudável e harmonioso para que todos possam contribuir com a evolução do produto. Simplicidade Por que criar e desenvolver softwares enormes dentro de um plano rígido e pré-definido, se existe uma forma de alcançar os objetivos fazendo mais com menos? Em um cenário de instabilidade econômica, é imprescindível otimizar a estrutura e alcançar mais resultados com o menor esforço possível, eliminar o desperdício, lançar rápido e colher feedback rápido. Usuários e Clientes em primeiro lugar A maior prioridade de uma empresa ágil é entregar o que os usuários reais do produto precisam alinhado com as metas de negócio da empresa contratante. Para isso, é preciso apostar na entrega adiantada e contínua de um produto de valor, que faça sentido aos objetivos do parceiro. Dessa forma, todas as etapas de desenvolvimento levam em conta as preocupações e necessidades dos clientes.


Conclusão

A metodologia ágil saiu da área de desenvolvimento de softwares e ganhou espaço em diversas áreas, por promover maior flexibilidade, transparência e, principalmente, eficiência nas entregas. Ela funciona de forma que o cliente esteja em primeiro lugar, abrindo possibilidades para testar e voltar. Ela deixa o processo menos mecânico, dando lugar à criatividade e flexibilidade, ganhando valor no resultado final.

Hoje já existem diferentes métodos de metodologia ágil que podem ser aplicados nas empresas, sendo o scrum o mais famoso entre eles. Mas além do método, é preciso entender o que sua empresa precisa antes de tentar colocar a metodologia em prática. Isso envolve líderes, equipes, cultura e um planejamento de todas as mudanças que vão vir com ela. E, claro, qual ferramenta vai poder auxiliar o time na gestão das tarefas, para que nada se perca.

E se você se inspirou nos cases da IBM e do Spotify, talvez seja a hora de olhar para como sua empresa se organiza hoje e pensar em aplicar formas mais ágeis de execução. Depois de começar a rodar, o sistema cria movimento, com colaboração, rapidez e resposta às mudanças, tornando a resolução de problemas mais ágil.



Por: start.se

Fonte: https://app.startse.com/artigos/metodologia-agil-o-que-e-e-como-aplicar-na-sua-empresa


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo