O que é Inovação de modelo de negócio

Que negócio não deseja conquistar um diferencial de mercado? Algo que o ajude a se destacar? A Inovação de modelo de negócio torna isso viável


A cada ano que passa, líderes e gestores precisam buscar inovação de modelo de negócio para as suas empresas. Afinal, com um mercado cada vez mais concorrido, a busca por novidades deve ser algo recorrente.


No entanto, tornar o seu negócio sempre ligado com o que há de novo não é tarefa tão fácil. Demanda vontade, energia, tempo e dinheiro. E não é todo mundo que está aberto para isso.


Mas se você quer fazer diferente e apostar na inovação para alavancar o seu negócio, continue a leitura e confira esse conteúdo exclusivo que preparamos para você.


Modelo de negócio como

forma de comercializar produtos ou serviços

O modelo de negócio nada mais é do que a forma como a empresa trabalha. Ou seja, ele aponta como o negócio irá ganhar dinheiro, como custear esse processo e até como o público será tratado, por exemplo.


No processo para chegar até esse modelo, são determinadas algumas informações primordiais, como por exemplo o público-alvo, estudo de mercado, empresas parceiras ou qualquer outro dado relevante para o negócio.


O termo foi criado em 1957, mas somente nos anos 90 que ganhou destaque. Na época, "modelo de negócio" era utilizado para descrever as empresas que criavam valor e chamavam a atenção do mercado.


De maneira resumida, os modelos de negócio são uma descrição simplificada de como a empresa cria valor. Nesse sentido, é um esquema para que a estratégia possa ser implantada através dos processos, das estruturas e dos sistemas organizacionais que demonstram a lógica de entrega, criação e captura de valor do negócio.


Um dos primeiros passos no momento da abertura de uma empresa é definir qual modelo de negócio será implantado. Sua função é deixar claro e detalhado as ações que serão colocadas em prática através de sua escolha.


Quais são os tipos de modelo de negócio?

São diversas formas de utilizar o modelo de negócio da sua empresa para comercializar produtos ou serviços. Separamos aqui, uma lista com alguns exemplos, confira:


Assinatura

Esse modelo se dá, quando uma empresa coloca seus serviços ou produtos a disposição do público, através do pagamento de uma taxa recorrente. Um bom exemplo disso, são os streamings, que os consumidores pagam mensalmente, para poder aproveitar da plataforma. Nesse sentido, a prioridade é garantir mais qualidade aos usuários, pois assim, eles não vão migrar para outras empresas concorrentes.


Freemium

Aqui, a empresa também disponibiliza seu serviço ou produto aos usuários, mas nesse caso, em duas formas: a Free e a Premium. Os usuários que utilizam a versão gratuita possuem acesso ao conteúdo, mas com limitações. Enquanto os clientes que pagam, tem acesso livre à plataforma. Aqui, uma das maneiras de conseguir mais usuários pagantes, é através de promoções. Um exemplo desse tipo de modelo de negócio é o Spotify, que oferece as duas opções ao público.


Isca e Anzol:

Esse modelo de negócio costuma ser feito da seguinte maneira: a empresa tem um produto principal, que possui um valor mais caro. Mas cria uma versão mais barata, para conquistar um público maior e só então, poder oferecer o que tem o preço mais elevado.


Marketplace:

Muito utilizado hoje em dia, esse modelo de negócio funciona através de locação de espaço. Ou seja, digamos que você possui uma pequena loja, é muito difícil conseguir uma boa fama logo no início, certo? Por isso, muitos lojistas preferem locar espaços em lojas, galerias ou sites já famosos, para aproveitar a visibilidade que aquela marca já tem.

Como é o exemplo da Magazine Luiza. Que permite pequenos negócios vender através do seu site. Cobrando apenas uma pequena taxa.


Franquias

Esse é um dos modelos mais tradicionais que temos. Nele, uma empresa principal vende modelos prontos de lojas, para que outros empresários possam usar a marca do negócio.


O que é inovação em modelo de negócio?

De maneira simples, a inovação em modelo de negócio devem criar maneiras eficazes de atender novas demandas do mercado, tudo isso de maneira flexível e adaptável às necessidades dos consumidores.


Inovação em modelo de negócio: modelo canvas

Criado pelo empresário suíço Alexander Osterwalder, o modelo Canvas tem sido adotado por diversos profissionais.

Isso porque ele sugere que seja feito um roteiro quando alguma ideia da empresa está prestes a tomar vida. Esse roteiro ter a resposta das seguintes perguntas:

  • Qual solução a empresa irá criar para o público? Será um serviço? Um produto? Esse tópico se refere à proposta de valor.

  • Para qual público se destina o projeto? Aqui, definimos o público-alvo, sendo fundamental para que consigamos traçar as estratégias de comunicação;

  • Como a sua empresa irá chegar até os consumidores? Como toda a operação será feita? É preciso analisar e captar recursos, além de manter parcerias estratégicas;

  • Custos da empresa: quanto o seu negócio irá exigir por determinado período? Aqui, vale considerar a compra de matéria prima, pagamento de contas, de funcionários, etc.

Além de trabalhar com um roteiro pré-definido, o modelo Canvas também traz outras contribuições, como a possibilidade de demonstrar conceitos importantes de inovação e estratégia em um esquema visual simples. Esse modelo também aponta que, a partir do momento em que a empresa tem acesso às fontes de vantagem competitiva, passa também a ter condições de conquistar um desempenho maior frente ao mercado.


Como adotar inovação em modelo de negócio?

Afinal, que negócio não deseja conquistar um diferencial de mercado? Algo que o ajude a se destacar? A inovação de modelo de negócios torna isso viável.


Quanto mais aberta a essas novidades a empresa for, e conseguir utilizar os ganhos a seu favor, mais tempo irá durar a vantagem competitiva. Além disso, é preciso diferenciar a criatividade da inovação. Criatividade é a capacidade de gerar novas ideias e inovação é a competência para implementar uma ideia no mercado, na empresa ou até no produto.

A criatividade é a parte responsável para criar ideias e a inovação para transformá-la em algo que o mercado pode utilizar. Portanto, ser apenas criativo não basta, é preciso investir muito esforço para aplicar uma ideia na prática.


Sob esse ponto de vista, para que a criatividade se torne inovação, é preciso que a empresa aposte em estratégias de negócio voltadas para as pessoas. É muito importante que os processos organizacionais estejam alinhados com a inovação. Para isso, as políticas da empresa devem favorecer ações criativas dos seus colaboradores.


Portanto, se uma organização possui uma política de punir ou repreender qualquer erro, dificilmente os trabalhadores poderão exercer sua criatividade. Já numa empresa em que exista uma maior tolerância a respeito de erros, existe maior incentivo para os funcionários criativos.


Exemplo: Gympass como benefício corporativo

Um exemplo de inovação de modelo de negócio é a Gympass. Ela oferece um serviço B2B2C, ou seja, comercializa através das empresas, mas o usuário final é uma pessoa física.

Aqui, a inovação no modelo de negócio foi colocar o serviço como um benefício corporativo, como um plano de saúde ou vale refeição por exemplo. Assim, a cobrança acontece diretamente no salário do colaborador.


por Redação Whow! em 19 de julho de 2021

fonte: https://www.whow.com.br/tecnologia/o-que-e-inovacao-de-modelo-de-negocio-saiba-mais-aqui/?utm_campaign=news_whow_200721&utm_medium=email&utm_source=RD+Station


7 visualizações0 comentário