Por que toda empresa deve investir em segurança digital

Segundo pesquisas, 70% das PMEs sofreram ataques virtuais em 2020, e os gastos com a vulnerabilidade digital devem chegar a US$ 20 bilhões neste ano.


A questão da cibersegurança para pequenas e médias empresas é algo a ser considerado com extrema importância. Estamos falando de proteção digital, segurança da informação e cuidado com os dados digitais e físicos armazenados pela empresa.


Com o aumento da digitalização dos negócios, cada vez mais recorrente em sistemas de gestão, meios de pagamentos e o fluxo de compras como um todo, a segurança digital é investimento imprescindível às PMEs. Pois, segundo levantamento da Zyxel, empresa multinacional especializada em redes corporativas, 70% das pequenas e médias empresas sofreram algum tipo de ataque virtual no ano de 2020.


A tendência é de aumento, segundo demonstra o estudo da Juniper Research, empresa especializada em pesquisas de mercado, intitulado “Fraude de Pagamento Online: Ameaças Emergentes, Análise de Segmento e Previsões de Mercado 2021-2025”. O material afirma que as fraudes no comércio eletrônico saltarão de US$ 17,5 bilhões em 2020 para mais de US$ 20 bilhões em projeções para este ano.


“O crescimento de 18% em um único ano é resultado do aumento do interesse dos fraudadores diretamente nos consumidores, o que expõe processos de mitigação de fraude inseguros dos varejistas menos familiarizados e despreparados para os desafios de fraude contínuos”, informa André Ferraz, fundador e CEO da Incognia, empresa em identidade digital ao portal Exame.


Por isso, transações que envolvam PIX ou mesmo o armazenamento dos dados sob a tutela da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), terão que ser sempre checados nos contextos dos negócios. Desta maneira, o investimento em segurança digital para a proteção de dados do empreendedor é uma garantia de privacidade e segurança para seus clientes e fornecedores.


“Com o avanço da transformação digital nas empresas, multiplicou-se o número de operações no ambiente online e de dispositivos conectados a uma mesma rede. Esse volume traz muitas vulnerabilidades e nem sempre se leva em consideração a importância de adotar soluções para se proteger de ataques e links maliciosos. As empresas que não possuem nenhum tipo de bloqueio contra softwares maliciosos podem sofrer prejuízos financeiros significativos, além do comprometimento de informações sigilosas de terceiros, o que pode, inclusive, gerar processos judiciais e multas por infração à LGPD, por exemplo”, relata Arnaldo Mapelli, gerente comercial da Zyxel ao portal InforChannel.


Os motivos para este cuidado com a segurança digital são vários: dificultar o vazamento de dados importantes via internet, manter a integridade e reputação da empresa perante ao público consumidor, e também a melhoria de produtividade dos negócios. Isto porque, ao investir em cibersegurança, consequentemente melhorando os sistemas de gestão, os empreendedores poderão focar em aspectos mais importantes do negócio.


“Além do impacto de reputação no mercado, ao não manter uma estrutura de segurança cibernética adequada, as empresas correm riscos de perda de dados, que podem gerar retrabalho e divulgação de informações confidenciais”, comenta Adriano Thomé, diretor de Firmas de Auditoria de Pequeno e Médio Portes (FAPMP) do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), em entrevista a Associação Brasileira de Automação.


por Daniel Patrick Martins em 19 de agosto de 2021

Fonte: https://www.whow.com.br/tecnologia/por-que-toda-empresa-deve-investir-em-seguranca-digital/?utm_campaign=news_whow_200821&utm_medium=email&utm_source=RD+Station


5 visualizações0 comentário